domingo, 9 de Março de 2008

Puzzle Quest Challenge of the Warlords

Comprei recentemente este jogo, por 15€, no ToysRus.

Em PQ, temos que fazer inúmeras Quests, para atingir diversos objectivos, que mudam consoante a personagem que encarnamos.
Um jogo de Puzzles, com elementos RPG à mistura.
Graficamente não é um portante, mas também não tem essa necessidade, neste tipo de jogos os gráficos são muito secundários. No entanto, os mesmos cumprem bem a sua função.

Quanto à longevidade, não tenho defeitos a apontar, mais viciante é ímpossível, e mesmo já tendo terminado o jogo (coisa que ainda não o fiz) há sempre adversários com quem lutar.

É dos melhores no seu género, sendo uma excelente alternativa a Tetris DS, e tendo a vantagem de se encontrar a um preço reduzido.

sábado, 8 de Março de 2008

DragonBall Advanced Adventure

DragonBall Advanced Adventure é um misto de Aventuras e Acção. Este jogo permite ao jogador, seguir a história da vida do Goku em Dragonball, quando o conhecido Sayan era ainda menor. Este jogo é para o GameBoy Advance, sendo agora possível, jogar na DS, visto que esta é compatível com GBA.

O jogo conta com diversas persongens, entre elas Krillin, que é desbloqueável a certo ponto, e será possível passar o modo história com ele, Tenshinhan, Jackie Chun, Son Gohan (avô, diga-se de passagem, até porque o Gohan filho de Goku nem era nascido), Bulma, a qual não é jogável, nem é possível nos defrontar-mos contra ela, entre outros inimigos e aliados.

A maior parte do vosso tempo com este jogo será passado no modo história, sendo a melhor dificuldade para isso, a mais avançada, que é mais desafiante pois conta com muito mais inimigos, e também mais persistentes. O jogo conta também com um modo de lutas 1 VS 1, podendo no mesmo lutar com os boss's que forem desbloqueados. Existe também a possibilidade de jogar mini-jogos, mas estes também se encontram ao longo do modo história, sendo portanto desbloqueados aí, e poderão depois disso ser jogados a qualquer altura.

DragonBall Advanced Adventure não é perfeito, está longe disso em determinados aspectos, como por exemplo a longevidade, que não chega a 3 horas, apesar disso, não deixa de ser um bom jogo, é também viciante ficar a lutar nos combates 1 VS 1, no torneio de artes Marciais.
Se queres jogar um jogo de plataformas e és um grande fã deDragonBall, então, compra este jogo que não te arrapenderás, se és apenas fã de plataformas e te queres divertir compra um Super Mario.

Gráficos: 7/10
Jogabilidade: 6/10
Longevidade: 7/10
Diversão: 8/10

Nota final: 7/10

domingo, 10 de Fevereiro de 2008

DragonBall-PT


Decidi fazer um post dedicado a este grande fórum.


O DragonBall-PT é o maior e melhor fórum português de DragonBall. Nascido durante as passadas férias de Verão, o DragonBall-PT já tem cerca de 390 membros.
Embora possam pensar o contrário, visto que Dragonball é acualmente visto pela maior parte dos adolescentes como sendo uma coisa para crianças, o DB-PT é um fórum onde se tem discussões maduras.

O DB-PT tem membros de variadas idades, há muitos membros a partir de 15 anos para cima, mas temos também mais jovens, temos membros com 20 e mais anos. Portanto, como podem ver e/ou pensar, DragonBall não é para crianças.
No DB-PT, poderão expôr a vossa colecção de merchandise da série, também podendo meter a colecção de outros animes.

No fórum são abordados determinados temas, a Série DragonBall, composta por DB, DBZ e DB GT, Videojogos de DragonBall, Videojogos não-DragonBall, Cultura japonesa, têm também os famosos jogos do fórum, e muito mais.

Para a próxima Yukimeet, que só se deverá realizar em Janeiro de 2009, eu (Kai), estou a ver se organizo uma meet de membros do fórum, portanto, apelo desde já aos nortenhos que estejam a ver este blog, que também apareçam, sendo fãs de DB ou Videojogos, visto que vai haver Cosplay.

(Como também faço parte da equipa do PokéFórum-PT.com, apelo também aos pokéforenses do Norte, apareçam por lá também, serão bem-recebidos. E combinamos e levamos a DS para uma batalhas de Pokémon Diamond/Pearl.)

Portanto, se são do Norte, gostam de DragonBall, e se quiserem ir à tal meet, façam um comentário a avisar. Quando a data a meet estiver mais próxima, eu faço aqui um aviso. Até lá, estejam atentos ao Loading-Screen, que passará a ser actualizado mais vezes.


Kai.

sexta-feira, 2 de Novembro de 2007

Gráficos ou jogabilidade?

Não faço esta questão por ser fã da Nintendo, até porque sou fã de todas as marcas, mas mais de umas que de outras (para não dizer nomes, senão cai-me tudo em cima).

Vejo em fóruns comentários tão Fanboys acerca deste assunto que até me rio com isso.

A verdade é que o factor que mais interessa é a diversão/jogabilidade. Obviamente que os gráficos também importam, estando nós na geração que estamos.

As consolas de nova geração inovaram nestes aspectos, a PS3 e Xbox 360 nos gráficos, a Wii, na jogabilidade.
Tendo também a Nintendo DS inovado na jogabilidade e a PSP no grafismo, no ramo das portáteis.

Sinceramente para mim o que faz um jogo é o seu enredo, as restantes coisas não me interessam tanto, quer dizer, se for fã da série (se for o caso) então compro apenas por ser mais um capítulo da série e o querer jogar, é claro, com isto falo por exemplo de Pokémon, cujos jogos são o meu tipo favorito de jogar, e nem têm grandes gráficos.

Obviamente que gosto de ver um jogo bonito, e fico boquiaberta quando vejo jogos a correr em PS3 e Xbox 360's nas lojas. A única geração em que vi gráficos foi a geração da PS1 e agora nas novas consolas da terceira geração. Não tenho nem PS2 nem GameCube nem Xbox, portanto, como podem ver, estou-me marinbando para os gráficos.

Da nova geração tenho a Wii, e ainda não vi o seu explendor gráfico, pois a minha TV não é das melhores. Pretendo comprar uma PS2 brevemente, ou mesmo uma PS3, desde que ainda haja as que têm retrocompatibilidade, e assim não compro a PS2.

Mas voltando ao assunto em questão, creio que na geração a única consola que inovou realmente foi a Wii, com a jogabilidade que todos conhecemos, não digo que as outras não inovaram, até porque o fizeram, graficamente.

E mais uma vez, não pensem que sou FanGirl Nintendo, pois não sou, quer dizer, defendo a minha DS a todo o custo, mas a minha Wii já não defendo tanto, porque também gosto das outras.

E aqui ando eu a fazer crónicas, acerca deste mundo, a falar pouco delas, desculpem, mas o meu português não é tão desenvolvido como o de muitas pessoas com quem convivo em fórum, mas espero que um dia o venha a ser.

Deêm comentários, participem, hajam como se isto fosse uma discussão, gostava muito de ver comentários grandes a falar deste assunto, para assim me ajudarem a desenvolver.

E desculpem o post que fala mais de mim do que do assunto em questão, mas é como digo, deêm comentários para eu vos poder igualar.

domingo, 28 de Outubro de 2007

Jogos baseados em Animes, bons ou maus?

Como grande adepta das duas formas de arte (a meu ver), tenho sempre a vontade de comprar o jogo baseado no anime/Manga que ando a ver/ler, exemplo disso, é o jogo "FullMetal Alchemist Dual Sympathy" para a Nintendo DS. Ando sempre num impasse, compro ou não compro, o que me faz querer comprar é o facto de ser fanática pela série, e querer coleccionar tudo dela, mas o que me faz voltar atrás são as notas que o jogo levou, baixas, à volta dos 5/10.
O Anime e a Manga de FullMetal Alchemist são do melhor no seu género, mas os jogos não estão ao seu nível. Irei explicar o porquê mais à frente. Penso que vos devo dizer que ainda estou num impasse, ainda não sei se compre ou não o jogo, penso que quando voltar a ir à loja o compro sem pensar antes, isto acontece-me sempre quando entro em lojas, principalmente se forem de Comics, é como se fosse um impulso.

Outro jogo considerado medíocre é "Naruto Ninja Council 3", também para a Nintendo DS, o jogo não iguala a série ou a Manga, assim como "FMA Dual Sympathy". Naruto NC3 levou melhores notas, mas pouco melhores, sei que os seus jogos para PS2 também não são flor que se cheire.

Creio que a razão dos jogos baseados em Animes são maus por serem feitos à pressa, e que são apenas para agradar fãs do género literário e do Anime. Porém, poderá também agradar miúdos que tenham visto as séries e pensem que os protagonistas são o Son Goku de DragonBall.

Ainda bem que falo de DragonBall, penso que esse seja um dos casos de sucesso de jogos baseados em Animes/manga. Neste caso, não sei se qual o que surgiu primeiro, se o anime se o jogo. Sei que a Manga foi definitivamente a primeira a aparecer.
DragonBall tem dezenas de jogos, uns muito bons, por exemplo, o Budokai Tenkaishi 2 para a PS2/Wii, outro que acho muito bom, mas o que estraga tudo é a sua longevidade é "DragonBall Advanced Adventure" para o GameBoy Advance, um jogo de plataformas/acção.

Creio que grande parte dos jogos baseados em animes são mauzinhos, mas como vimos, há excepções.
Já agora, deixem-me dizer que Naruto vai passar na SIC Radical, esperemos que tenha tanto sucesso como teve DragonBall, e que a partir daí se vejam as lojas cheias de "stuff" de Naruto.


Comentários são bem-vindos, digam o que acham acerca deste contraste Anime vs Videojogo do anime.
Tenho dito,
Kai

domingo, 30 de Setembro de 2007

Qual a next-gen que vai ganhar a guerra?

Muitos dizem que irá ser a Wii, outros a PS3.
Sinceramente, da maneira que as vendas vão, penso que seja a Wii. Sei que isso pode mudar quando a PS3 baixar um bocado o preço, pois para já está muito cara.

A consola da Nintendo, a Wii, até agora foi a que mais vendeu, seguida da Xbox 360, e claro, depois vem a PS3. A Xbox 360 está no mercado desde Dezembro de 2005, a Wii desde Dezembro de 2006 e a PS3 desde Março deste ano. Até agora, penso que a Wii vai quase (ou mesmo) com 12 milhões de unidades vendidas por todo o Mundo, a Xbox 360 com 11 milhões e a PS3 salvo erro com 5 milhões (os números devem estar errados, mas estão aproximados).

Será que a wii vai continuar a dominar? É certo que os grandes jogos ainda não saíram, e para dar exemplos, falo de Metroid Prime 3, Super Mario Galaxy, Nights, entre outros.
A Nintendo Wii atraiu old gamers, ou seja, os gamers que já não jogavam à muito tempo, atraiu também as mulheres para o Mundo dos videojogos e continua a convencer Casual Gamers por todo o Mundo. Penso que a razão do domínio da consola da Nintendo seja devido ao preço mais baixo, face ao preços das concorrentes (400€, aproximadamente e 600€), e sobretudo, graças ao seu revolucionário comando, o Wiimote.

O Wiimote é um comando sem fios, com sensor de movimentos e que parece um comando de televisão. O trunfo da Wii é mesmo o comando, que nos permite jogar e fazer os movimentos, como se estivéssemos mesmo no jogo, caso do já conhecido Wii Sports, em que podemos jogar 5 desportos, Ténis, Bowling, Boxe, Baseball e Golfe, fazendo os movimentos dos mesmos desportos, vou apenas especificar o caso do ténis, em que uma pessoa tem de mexer os braços como se estivesse a jogar Ténis, e o mesmo acontece para os outros. No caso dos shooters, a pessoa tem de mexer o comando, consoante o sitio onde quer que a mira esteja, por exemplo no Metroid Prime 3: Corruption.

Agora passando às outras next Gen...

A nova consola da Sony é a menos vendida das 3, penso que por causa do seu preço, e também pelo factor de ainda não ter jogos "a sério". A consola da Sony tem grandes gráficos, Blu-Ray (serve para ver filmes em alta definição), é multimédia. O seu contra é mesmo o preço, 600€, e, penso que se estivesse ao preço da Xbox 360, que já tinha ganho a guerra, mas não está, muito por causa do Blu-Ray, senão só por isso.

Já sairam alguns jogos PS3, que prometiam muito, mas que defraudaram o consumidor, caso de Heavenly Sword e Lair, dois jogos com gráficos cinematográficos que acabaram em más notas da parte de muitos sites. Quem é que disse que os gráficos fazem um jogo bom?
Creio que a PS3 irá vender (muito) mais quando baixar o preço uns 200€, e talvez as vendas aumentem no Japão um bocado quando se der o lançamento de grandes títulos, como por exemplo Final Fantasy.
Eu pretendo comprar uma PS3, é verdade, mas só quando esta baixar o preço, e só daqui a algum muito tempo, quando também tiver jogos baratos, o preços dos jogos dela são um abuso, assim como o preço dos jogos das outras duas, se bem que a wii tem jogos a 50€ mas mesmo assim já é caro.

A Xbox 360, é das 3 a que menos conheço, sei que tem uma série de preços diferentes, pois há 3 versóes, e depois há aqueles packs com jogos, o que fa variar o preço. Penso que se uma pessoa quiser ter uma "boa" Xbox 360, que tem de gastar mais de 400€ a comprá-la (versão premium, no mínimo, não acho que a versão Core valha a pena).
Já saíram bons jogos para ela, mas nada por aí além, saiu recentemente o Bioshock e o Halo 3, o Blue Dragon, mas este último penso que não seja assim tão bom como isso, pelo que já li.
Consta que tem um bom serviço online, o Xbox Live, mas eu nunca irei jogar nele como sendo meu, pois temos de pagar, e além disso, eu não tenho a consola.

Creio que só iremos saber a resposta à pergunta do título do tópico daqui a uns 6/7 anos, que penso que eja quando esta geração acabar, eu espero que seja até mais tarde.

Actualmente tenho a Wii, mas é raro jogar, pois só tenho 2 jogos, o Wii Sports e o Dragonball Z Budokai Tenkaichi 2, tendo já passado o modos história neste último, e agora de vez em quando lá ligo a Wii, escolho o Trunks do Futuro ou o Vegeta e dou porrada aos adversários nos torneios do jogo.
Comprei recentemente o DragonBall Z Goku Densetsu para a DS, que é o jogo que mais ando a jogar, e ao contrário do que muitos sites dizem, eu não o acho aborrecido, antes pelo contrário, até o acho demasiado viciante. Comprei também, à cerca de 2 dias, dois jogos para o GBA, Dragonball Advanced Adventure (Acção/Aventura) e DragonBall Z Supersonic Warriors, dos quais estou a gostar muito. Mas isto já é muito off-topic e vou calar-me.

E desculpem pela ausência de mensagens, não postei não por falta de tempo, mas por falta de ideias, sempre as podem dar nos comentários, que são muito bem-vindos.

Joguem muito,
Kai

terça-feira, 25 de Setembro de 2007

Manhunt 2

O jogo mais envolto em polémica do ano, que foi tema de muitos blogs, também o irá ser aqui (e agora).

O jogo está destinado a ser jogado na Nintendo Wii, Playstation 2 e PSP. É realizado pela polémica Rokstar, também criadora de GTA e Bully.

Muita gente acha que o jogo não deve sair devido ao que o faz famoso, a matança, mas não apenas isso, os pormenores da mesma.
Eu nunca joguei jogos deste género, devo desde já dizer, mas sei que há muita gente sedenta por Manhunt 2.

Os fantásticos políticos que o baniram, têm razão no que fizeram, mas também não a têm. Provavelmente pensam que míudos de 10 anos que só jogam GTA e WWE's se vão deixar influenciar por um jogo destes, mas eu não penso isso, quer dizer, de certa maneira até penso, pois como vejo míudos a imitar manobras de Wrestling nas escolas, também acho que aqueles mais frágeis psicologicamente e banidos da sociedade podem fazer isto com GTA ou Manhunt.E não apenas míudos. Nos EUA, em 2003 (Obrigado GameWarrior ;), foi preso um tipo (Devin Moore, em baixo) que andava a assaltar carros e matou um polícia, influenciado pela franquia mais conhecida da RockStar, GTA.


O jogo por muita violência que contenha, penso que não deve ser banido, até porque, por alguma razão tem a classificação etária na capa.

Se este jogo é banido, então porque não são os filmes banidos também? Talvez porque os paizinhos quando vão ao cinema e vêm que o filme é para maiores de 18 não o vêm com os filhos. Então porque não o fazem com os videojogos?! Ora bem, toda a gente sabe que são os filhos que escolhem os videojogos, e não os pais. A maior parte dos pais não se interessa. Grande parte dos jovens compra videojogos sem o conhecimento dos pais.


GTA não foi banido, porque o irá ser Manhunt? Há carradas de jogos com excessiva violência que não são banidos.
Como diz Brian Crecente na Hype! deste mês, passo a citar:

"Permaneço convicto de que a inclusão de um nível de um clube sadomaso e outro encenado num bordel foram os responsáveis"

Não conheço nada do jogo, apenas o que já escrevi nesta mensagem, mas suponho que o que o editor-chefe do Kotaku.com, Brian Crecente disse, seja verdade (da existência de tal cenário), penso também que seja essa a causa.
E já que stou numa onde de perguntas...porque é que Manhunt 2 não foi feito para PS3, Xbox 360 ou PC? A esta não tenho resposta, mas suponho que ou não se deram ao trabalho ou porque sabiam dos riscos que corriam.
Esperem por mais,
Kai